Cresce o registro de duplicatas eletrônicas

Registro foi solicitado pelo Adiante Recebíveis, fintech de crédito especializada na antecipação de recebíveis

A CERC, infraestrutura de mercado financeiro especializada em soluções de crédito com recebíveis, registrou em agosto mais de seis mil duplicatas escriturais, totalizando R$ 11 milhões. O registro foi solicitado pelo Adiante Recebíveis, fintech de crédito especializada na antecipação de recebíveis. A operação foi feita inspirada e observando o novo modelo da regulação de duplicatas escriturais, divulgada pelo Banco Central no último mês.

“A jornada escritural e digital já é uma realidade na CERC e estamos totalmente aptos a efetuar o registro de duplicatas nos mesmos moldes da nova regulação do Banco Central. As empresas que saírem na frente ganharão competitividade e poderão utilizar nossos serviços para potencializar os seus negócios, assim como fez o Adiante Recebíveis ao tomar esta decisão estratégica”, afirma Fernando Fontes, CEO da CERC.

Gustavo Stengler, CPO do Adiante Recebíveis comenta que “o registro das duplicatas era algo que queríamos fazer há muito tempo. A possibilidade apareceu quando encontramos na CERC o parceiro perfeito para isso. Como a nossa operação é 100% automatizada e instantânea, precisávamos de uma tecnologia que fosse capaz de entregar a solução com essa agilidade e rapidez. Para o mercado como um todo, enxergamos com bons olhos essa evolução. No final do dia, todos saem ganhando com esse aumento de confiança e credibilidade do setor e o volume de crédito, assim como as taxas cobradas, só tendem a melhorar”.

Os serviços da CERC trazem mais segurança, transparência, agilidade e escala para as empresas que optem por usar as duplicatas como garantia para a concessão de crédito. “A CERC inovou na captura digital de diferentes bases de dados sobre as notas fiscais, enriquecendo com informações sobre as negociações comerciais representadas pelas duplicatas, e revolucionando o potencial de crédito no Brasil”, afirma Fernando Fontes.

Mais de 140 indicadores de avaliação das duplicatas registradas

De forma automatizada, o sistema CERC faz diversas verificações, como duplicidade (se a mesma duplicata está registrada em outra registradora) e se a duplicata já foi utilizada para alguma outra operação de crédito. Aumentando a segurança e controle dos recebíveis, o sistema conta com mais de 140 indicadores de avaliação das duplicatas, divididos em quatro categorias.

É verificado, por exemplo, se há indícios de que comprador e vendedor são partes relacionadas, o que poderia indicar maior risco na operação. É possível ainda verificar se a mercadoria já passou por algum posto fiscal, indicando que a mesma está de fato em processo de entrega.

Siga todas as informações do Open Hub News no Linkedin ou em nossa Newsletter.
  

Autor